domingo, abril 23, 2006

Teresa - Manuel Bandeira

A primeira vez que vi Teresa
Achei que ela tinha pernas estúpidas
Achei também que a cara parecia uma perna

Quando vi Teresa de novo
Achei que os olhos eram muito mais velhos que o resto do corpo
(Os olhos nasceram e ficaram dez anos esperando que o resto do
                                                                       [corpo nascesse)

Da terceira vez não vi mais nada
Os céus se misturaram com a terra
E o espírito de Deus voltou a se mover sobre a face das águas.



Meu irmão achou meu "Libertinagem e Estrela da Manhã", que bom!!! Estava há meses procurando esse livro!

5 comentários:

Ana Clara Iacomo disse...

lindo, Ju!

Anônimo disse...

Interesting website with a lot of resources and detailed explanations.
»

Anônimo disse...

I'm impressed with your site, very nice graphics!
»

Anônimo disse...

Alguem sabe oq diz na interpretação desse poema???

Anônimo disse...

Alguem sabe oq diz na interpretação desse poema???